Nova loja online de CDs e LPs de música brasileira e importados de jazz.

Fruto de uma longa pesquisa que foge ao caráter acadêmico, o livro Uma árvore da música brasileira nasce da paixão de seus organizadores pelo tema. Partindo da ideia de uma árvore genealógica que cresce e se ramifica, o músico Guga Stroeter e a pesquisadora Elisa Mori analisam as influências negra e europeia na produção musical nacional, trazendo seus principais expoentes e as conexões entre artistas contemporâneos ou entre aqueles que sucederam uns aos outros.
O livro discorre sobre diferentes representações musicais brasileiras, indo desde a modinha, o lundu, o maxixe, o choro, o samba, o baião, o caipira, o sertanejo, a bossa nova, passando por movimentos como a jovem guarda, a tropicália e o mangue beat, até chegar no rock, no hip hop e na música eletrônica.
Composto por 23 artigos, a publicação apresenta as reflexões de diferentes profissionais da música – como artistas, pesquisadores e produtores musicais – a respeito das impressões e experiências vividas por esses autores em relação ao gênero sobre o qual se propuseram discutir. Temos, assim, “MPB” por Fernando Faro, “Caipira e sertanejo” por Paulo Freire, “Festivais” por Solano Ribeiro, “Música instrumental” por Nelson Ayres e “Tropicália” por Júlio Medaglia, entre outros.
O trabalho é acompanhado por um pôster encartado que reproduz uma árvore e expõe as múltiplas ramificações da música brasileira. O leitor encontrará também uma linha do tempo em que é possível acompanhar a evolução de cada gênero musical.
(Da editora)

Formato: livro
Lançamento: 2019
Autor: Guga Stroeter e Elisa Mori (Organizadores)
Editora: Sesc
Páginas: 388
Dimensões: 19cm x 25cm x 2cm
Cód. barras: 9788594932013

Uma Árvore da Música Brasileira

R$90,00
Uma Árvore da Música Brasileira R$90,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

Fruto de uma longa pesquisa que foge ao caráter acadêmico, o livro Uma árvore da música brasileira nasce da paixão de seus organizadores pelo tema. Partindo da ideia de uma árvore genealógica que cresce e se ramifica, o músico Guga Stroeter e a pesquisadora Elisa Mori analisam as influências negra e europeia na produção musical nacional, trazendo seus principais expoentes e as conexões entre artistas contemporâneos ou entre aqueles que sucederam uns aos outros.
O livro discorre sobre diferentes representações musicais brasileiras, indo desde a modinha, o lundu, o maxixe, o choro, o samba, o baião, o caipira, o sertanejo, a bossa nova, passando por movimentos como a jovem guarda, a tropicália e o mangue beat, até chegar no rock, no hip hop e na música eletrônica.
Composto por 23 artigos, a publicação apresenta as reflexões de diferentes profissionais da música – como artistas, pesquisadores e produtores musicais – a respeito das impressões e experiências vividas por esses autores em relação ao gênero sobre o qual se propuseram discutir. Temos, assim, “MPB” por Fernando Faro, “Caipira e sertanejo” por Paulo Freire, “Festivais” por Solano Ribeiro, “Música instrumental” por Nelson Ayres e “Tropicália” por Júlio Medaglia, entre outros.
O trabalho é acompanhado por um pôster encartado que reproduz uma árvore e expõe as múltiplas ramificações da música brasileira. O leitor encontrará também uma linha do tempo em que é possível acompanhar a evolução de cada gênero musical.
(Da editora)

Formato: livro
Lançamento: 2019
Autor: Guga Stroeter e Elisa Mori (Organizadores)
Editora: Sesc
Páginas: 388
Dimensões: 19cm x 25cm x 2cm
Cód. barras: 9788594932013