Nova loja online de CDs e LPs de música brasileira e importados de jazz.

"Pelespírito", novo CD da cantora e compositora Zélia Duncan. São 15 canções feitas em parceria com o poeta Juliano Holanda.

Seria um caminho natural escolher por celebrar seus 40 anos de carreira com um projeto revisionista, ainda mais nesse momento inimaginável que o mundo está vivendo. São muitos os motivos. O necessário distanciamento físico, a (compreensível) dificuldade de inspiração, a triste realidade do atual cenário político-social, as perdas, as inúmeras perdas...
Mas Zélia Duncan escolheu transformar suas dúvidas e dores em música. E assim ela apresenta “Pelespírito”, álbum que celebra suas quatro décadas de ofício e marca o seu retorno à Universal Music, companhia pela qual ela lançou discos como “Sortimento” (2001), “Eu Me Transformo em Outras” (2004), “Pré Pós Tudo Bossa Band” (2005), entre outros.
“Pelespírito” é fruto de um encontro musical profundo com o poeta e produtor pernambucano Juliano Holanda, ao lado de quem Zélia compôs todas as 15 faixas que figuram no disco. “Meu novo encontro com o Juliano foi um acaso. Eu compus com várias pessoas durante esse tempo. Parceiros amados e queridos, como Ana Costa, Xande de Pilares, Lucina, Marcos Valle, Ivan Lins... Tem sido incrível, mas, num certo momento, eu e o Juliano nos conectamos de uma maneira muito profunda, porque ele teve uma disponibilidade muito grande para mim e vice-versa. Esse álbum também é um diálogo meu com ele, que mora em Recife. A gente não se viu e começou a compor por WhatsApp e a coisa fluiu de uma maneira absurda”, revela Zélia.
Nessas 15 canções tão íntimas e confessionais, Zélia passeia por ritmos como folk e country (“Viramos pó?”), rock´n´roll (“Nas horas cruas”), sertanejo nordestino e pantaneiro (“Tudo por nada”) e blues (“Sua cara tá grudada em mim”). Nele, a cantora propõe perguntas (“Onde é que isso vai dar?”, “O que se perdeu?”), faz declarações de amor (“Nossas coisinhas” e “Sua cara”), acenos e homenagens (“Você rainha”). E fecha o álbum deixando explícita a sua crença de que tudo vai ficar bem (“Vai melhorar”). (Do release de divulgação).

Formato: CD
Lançamento: 06/2021
Selo: Universal Music
Cód. barras: 602438125401

Músicas:
1- Pelespírito
2- Onde É Que Isso Vai Dar?
3- Tudo Por Nada
4- Vou Gritar Seu Nome
5- Nossas Coisinhas
6- Viramos Pó?
7- Raio De Neon
8- Nas Horas Cruas
9- Sua Cara
10- Passam
11- O Que Se Perdeu?
12- Eu E Vocês
13- Eu Moro Lá
14- Você Rainha
15- Vai Melhorar

Zélia Duncan - Pelespírito

R$39,00
Zélia Duncan - Pelespírito R$39,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

"Pelespírito", novo CD da cantora e compositora Zélia Duncan. São 15 canções feitas em parceria com o poeta Juliano Holanda.

Seria um caminho natural escolher por celebrar seus 40 anos de carreira com um projeto revisionista, ainda mais nesse momento inimaginável que o mundo está vivendo. São muitos os motivos. O necessário distanciamento físico, a (compreensível) dificuldade de inspiração, a triste realidade do atual cenário político-social, as perdas, as inúmeras perdas...
Mas Zélia Duncan escolheu transformar suas dúvidas e dores em música. E assim ela apresenta “Pelespírito”, álbum que celebra suas quatro décadas de ofício e marca o seu retorno à Universal Music, companhia pela qual ela lançou discos como “Sortimento” (2001), “Eu Me Transformo em Outras” (2004), “Pré Pós Tudo Bossa Band” (2005), entre outros.
“Pelespírito” é fruto de um encontro musical profundo com o poeta e produtor pernambucano Juliano Holanda, ao lado de quem Zélia compôs todas as 15 faixas que figuram no disco. “Meu novo encontro com o Juliano foi um acaso. Eu compus com várias pessoas durante esse tempo. Parceiros amados e queridos, como Ana Costa, Xande de Pilares, Lucina, Marcos Valle, Ivan Lins... Tem sido incrível, mas, num certo momento, eu e o Juliano nos conectamos de uma maneira muito profunda, porque ele teve uma disponibilidade muito grande para mim e vice-versa. Esse álbum também é um diálogo meu com ele, que mora em Recife. A gente não se viu e começou a compor por WhatsApp e a coisa fluiu de uma maneira absurda”, revela Zélia.
Nessas 15 canções tão íntimas e confessionais, Zélia passeia por ritmos como folk e country (“Viramos pó?”), rock´n´roll (“Nas horas cruas”), sertanejo nordestino e pantaneiro (“Tudo por nada”) e blues (“Sua cara tá grudada em mim”). Nele, a cantora propõe perguntas (“Onde é que isso vai dar?”, “O que se perdeu?”), faz declarações de amor (“Nossas coisinhas” e “Sua cara”), acenos e homenagens (“Você rainha”). E fecha o álbum deixando explícita a sua crença de que tudo vai ficar bem (“Vai melhorar”). (Do release de divulgação).

Formato: CD
Lançamento: 06/2021
Selo: Universal Music
Cód. barras: 602438125401

Músicas:
1- Pelespírito
2- Onde É Que Isso Vai Dar?
3- Tudo Por Nada
4- Vou Gritar Seu Nome
5- Nossas Coisinhas
6- Viramos Pó?
7- Raio De Neon
8- Nas Horas Cruas
9- Sua Cara
10- Passam
11- O Que Se Perdeu?
12- Eu E Vocês
13- Eu Moro Lá
14- Você Rainha
15- Vai Melhorar